Etiquetas

terça-feira, 25 de junho de 2013

Só comigo...

Com um suestinho aqui à porta de casa, está visto, tenho que ir ao Ataque...

Estava com Fé, além de não poder ter ido para o pesqueiro de eleição, pois os companheiros do vício, não puderam comparecer...
Pena, acho que poderiamos ter feito uma bela pesca, mas fica para uma próxima...

Bom, lá fui para o refugo do costume!!!
Canas montadas, apreciar o "sunset" e ainda deu para dar um pequeno mergulho...

A meio da Noite, já estava a desesperar, pois o mar estava tão bom, as iscas trabalhavam tão bem e só me andava a sair pexecos miúdos, (bailitas, robalotes, sargotes), tudo devolvido, é claro...

De repente, a cana vergou TODA!!! Caraças, pensei eu, é agora...
Tento recuperar com calma, além de não perceber o que era porque simplesmente levava fio e não dáva cabeçadas nenhumas. Depois começou a correr para a direita, devo ter andando, para ai uns 100m... Eu só pensava, que belo peixe que eu devo ter aqui, estava todo entusiasmado, pois estava a dar uma luta do caraças e como tenho 0,25, no carreto, tive que trabalhar com calma não vá o nó fazer das suas... Epá devo ter estado ali uns 10 minutos naquilo, pois o mar já com 4 horas de enchente e ondulação de 2m, estava mau para trabalhar ali o peixe à babugem, até que de repente vejo uma cauda... Mas que raio?!?!? Quando o ponho a seco, fico completamente espantado...




Uma raia-viola!
Ainda por cima até tinha o estalho a trabalhar em cima, como é possível???


Bom, eu a pensar que tinha a pesca feita, mas neste caso, apenas serviu, para dar um gozo do caraças a tirá-lo da água e tirar a foto da praxe. Pena não ter ninguém para ter me tirado uma foto com a raia nas mãos seria um belo momento. De todas as formas não havia tempo a perder, pois ainda tentei filmar com o telemóvel a sua devolução ao mar. Mas segurar no telelé, reanimar o peixe e ter cuidado com este mar, é complicado. Ficou quase tudo escuro, não vale a pena colocar o video.

A Raia-Viola é uma das espécies marinhas em extinção. O seu corpo tem um formato de cunha, com um focinho pontudo e uma cauda grossa e alongada. Normalmente, medem 1 metro de comprimento mas podem chegar aos 2 metros, sendo as fêmeas maiores que os machos. Habitam em águas rasas, podendo chegar aos 100 metros de profundidade. É uma espécie ovípara, produzindo de 4 a 8 filhos a cada gestação. Uma das causas desta espécie estar em extinção é a pesca ilegal e indiscriminada apenas para usarem a sua cauda.

E foi assim mais uma saída onde o peixe comprido andou arredio!

Com tanto peixe em extinção, como os barrotes de 8Kg, tinha que me calhar logo esta peça... Só a mim é que me acontece coisas destas...:)

Forte Abraço e Até Breve!

segunda-feira, 10 de junho de 2013

A MINHA PRIMEIRA ILHADA

Boas Amigos,

Desta vez fui fazer um chumbica com o amigo Paulo (












Quero deixar aqui um Forte Abraço ao Paulo e um Muito Obrigado por um dia de pesca diferente, com uma companhia 5 estrelas!!!





terça-feira, 4 de junho de 2013

O Casal Kileiro

Olá, a todos os viciados!!!

Aproveitando o pequeno Sueste que entrou ai e olhando para as condições, fiquei com a pica toda de ir colocar as canas de molho. Além da moral e motivação estar em baixo e ainda por cima não ter companhia, pois o Sílvio continua lesionado, o Pedro está "Off", o Cristóvão está a recuperar do BTT!
Pensei para mim, és mesmo parvo, com tão pouco peixe que anda para ai, lá vais tu fazer mais uma investida no meio da escuridão sozinho... Mas enfim tinha que ir matar o vício!

Bom nas calminhas, analiso o spot e escolho o pesqueiro! Vou a olhar para trás e vejo 2 companheiros a chegar, afinal não sou o único maluco!:) Por acaso malta porreira, trocámos 2 dedos de conversa e fomos a eles!

Monto as canas nas calmas, lanço a primeira, vou a lançar a segunda, Truz... Fio partido...#%#$ A coisa está a começar bem, eu que queria aproveitar o pôr do sol para relaxar, enfim, toca a fazer novo chicote e montagem... Começou a vir a pequenada do costume em que foram libertados nas devidas condições!
Passado um pouco vou a fazer um lançamento com outra cana e a asa de cesto fecha, Truz...#%#$ Não tarda nada vou mas é embora!(pensei eu) Ainda por cima os meus wadders estão a deixar entrar água no pé! Isto tá bonito tá!!!#%#$

Toca a fazer tudo de novo! E ao lançar olho para a outra cana, a vergar, com aquele toque de sargo! E que belo sargo, já tinha saudades de apanhar um dentuças destes!:)
Depois logo a seguir mais, um belo toque, onde o fio fica folgado, uma bela baila, daquelas que são difíceis de se ver!

Comecei a pensar será que é hoje que faço uma daquelas pescas... Mas rapidamente perdi a esperança, além de ainda ter vindo um robalo quase na fasquia de kilo e umas bailas na casa das 700g.

Como tinha o pé desconfortavelmente molhado devido aos wadders da Rapala Ecowear e a actividade baixou e as burras não quiseram comparecer, arrumei a tralha e toca a fazer-me à estrada!

CASAL KILEIRO


FINAL DE TARDE - MAGNÍFICO


TOTAL DA LABUTA

Não foi uma saida XXL, mas pelo menos safei o chibo e consegui 2 bons peixes, que nos dias de hoje é uma raridade!
Aquele dentuças, vai saber mesmo bem no forno...:)