Etiquetas

terça-feira, 25 de junho de 2013

Só comigo...

Com um suestinho aqui à porta de casa, está visto, tenho que ir ao Ataque...

Estava com Fé, além de não poder ter ido para o pesqueiro de eleição, pois os companheiros do vício, não puderam comparecer...
Pena, acho que poderiamos ter feito uma bela pesca, mas fica para uma próxima...

Bom, lá fui para o refugo do costume!!!
Canas montadas, apreciar o "sunset" e ainda deu para dar um pequeno mergulho...

A meio da Noite, já estava a desesperar, pois o mar estava tão bom, as iscas trabalhavam tão bem e só me andava a sair pexecos miúdos, (bailitas, robalotes, sargotes), tudo devolvido, é claro...

De repente, a cana vergou TODA!!! Caraças, pensei eu, é agora...
Tento recuperar com calma, além de não perceber o que era porque simplesmente levava fio e não dáva cabeçadas nenhumas. Depois começou a correr para a direita, devo ter andando, para ai uns 100m... Eu só pensava, que belo peixe que eu devo ter aqui, estava todo entusiasmado, pois estava a dar uma luta do caraças e como tenho 0,25, no carreto, tive que trabalhar com calma não vá o nó fazer das suas... Epá devo ter estado ali uns 10 minutos naquilo, pois o mar já com 4 horas de enchente e ondulação de 2m, estava mau para trabalhar ali o peixe à babugem, até que de repente vejo uma cauda... Mas que raio?!?!? Quando o ponho a seco, fico completamente espantado...




Uma raia-viola!
Ainda por cima até tinha o estalho a trabalhar em cima, como é possível???


Bom, eu a pensar que tinha a pesca feita, mas neste caso, apenas serviu, para dar um gozo do caraças a tirá-lo da água e tirar a foto da praxe. Pena não ter ninguém para ter me tirado uma foto com a raia nas mãos seria um belo momento. De todas as formas não havia tempo a perder, pois ainda tentei filmar com o telemóvel a sua devolução ao mar. Mas segurar no telelé, reanimar o peixe e ter cuidado com este mar, é complicado. Ficou quase tudo escuro, não vale a pena colocar o video.

A Raia-Viola é uma das espécies marinhas em extinção. O seu corpo tem um formato de cunha, com um focinho pontudo e uma cauda grossa e alongada. Normalmente, medem 1 metro de comprimento mas podem chegar aos 2 metros, sendo as fêmeas maiores que os machos. Habitam em águas rasas, podendo chegar aos 100 metros de profundidade. É uma espécie ovípara, produzindo de 4 a 8 filhos a cada gestação. Uma das causas desta espécie estar em extinção é a pesca ilegal e indiscriminada apenas para usarem a sua cauda.

E foi assim mais uma saída onde o peixe comprido andou arredio!

Com tanto peixe em extinção, como os barrotes de 8Kg, tinha que me calhar logo esta peça... Só a mim é que me acontece coisas destas...:)

Forte Abraço e Até Breve!

32 comentários:

  1. Bonito pez guitarra Manuel, esos si que dan una buena guerra y hacen trabajar los carretes,enhorabuena amigo. Un abrazo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Além de não estar nada à espera desta captura, de facto foi um enorme prazer lutar com este peixe e ter o prazer de devolver ao mar, fazendo a sua respectiva animação... Pena não ter conseguido filmar, mas era díficil com o telemóvel!:)
      O carrete fez: Zzzzzzz... e depois sempre que a queria colocar em seco, lá ia ela outra vez em direção ao fundo...:)

      Forte Abraço

      Eliminar
  2. Grande Manel !

    Sempre deu para dar umas "Guitarradas" ! ! ! hehehe ;)

    Pela luta deve de ter valido a pena ;)

    Grd abr

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Matos, como é,
      Deu uma luta sem cabeçadas, mas corridas e peso uiiii...
      Estava mesmo a pensar q tinha uma corvina...:)
      Tens q vir fazer uma ilhada com o teo teaser...:)
      Forte Abraço

      Eliminar
  3. Olá Manuel,

    Parabéns pela captura e ainda mais pela devolução de um peixe em extinção.
    Imagino a luta que travaste...é pena mesmo não ter sido um belo tarolo!!!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai José,
      Não me calham os tarolos em vias de extinção.
      Foi um momento magnífico!
      Forte abraço

      Eliminar
  4. Eheheh entao querias festa e nem viola levaste?! Toma lá uma e bem grande! :)

    Não te preocupes, da próxima vais ter um barrote, confia! ;)

    Abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uiiii com esta viola já tocava o Fado...
      Ai um barrote q saudades q eu tenho... e ao spinning até lágrimas me vêem aos olhos.
      Forte abraço

      Eliminar
  5. Grande Manuel,imagino a tua cara de felicidade quando a cana vargou,aiiiiii não deixou de ser um bonito troféu,grande atitude a tua em devolver o peixe ao mar ainda mais sendo uma especie em vias de entinção,grande abraço amigo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem te conto nada a cana é uma Helion, portanto é dura! Para o 1° elemento dobrar todo com a drag aberta...:)
      Por acaso em tempos pesquisei as raias e lembrava-me desta. Mal a vi tive logo o cuidado de a libertar!
      Pode ser q ela suba para ai...:)
      Forte abraço

      Eliminar


  6. Boas grande Manuel..:-)Parabéns pela Raia-viola amigo, já te divertiste a tirá-la e já te fez suar..hehehe
    Aqui em África, em algumas zonas é bastante frequente, principalmente perto de estuários e chegam a ser grandes bichos.
    Um grande abraço

    Luís malabar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai Luís essa África...
      Por acaso deu trabalho...:)
      Mas pensei q fosse outra coisa...
      Qual é amostra q resulta por ai...
      Forte Abraço aqui dos Algarves

      Eliminar
  7. Moço... esse é um peixe que não vais esqueçer... e olha não é qualquer um que pode dizer que já apanhou um exemplar desses... parabéns pelo belo peixe e pela libertação... abraço... e melhores sunsets...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas José,
      E essas corvinas??? Não há meio de ferrar nenhuma???:)
      É verdade, nem tão cedo vou esquecer esta captura, pena mesmo não ter conseguido capturar o momento comigo, mas não queria que o peixe sofresse muito tempo, portanto não me podia pôr com macacadas...
      Foi o sunset e upsunset...:) Miséria, só robalotes...:(
      Forte Abraço

      Eliminar
  8. Ah granda Manel!!
    Opá motivos de força maior Manel, sabes como é :(
    Mas tás a ver, se tivesse ido, não tinhas visto esse exemplar... :D

    Grande abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cristóvão, lá o spot de eleição devia estar mesmo bom...
      Tu agora só queres saber do Kayak... Vá quero ver o teu primeiro relato com ele a bombar...:)
      Não tinha visto??? Tinhamos mas é visto mais... era um a correr para esquerda e outro a correr para a direita...:)

      Forte Abraço

      Eliminar
  9. Boas Manuel sem sombra de dúvida um peixe magnífico mais uma espécie para o teu currículo grande abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nuno, já andas a dar com elas...
      Foi uma sorte daquelas... Além que trocava por um barrote em vias de extinção de 8Kg...:)

      Forte Abraço

      Eliminar
  10. Manel,
    Já tens uma viola Gibson e agora só te faltam umas colunas Marshall para tocares nos sunsets da Falésia. AHAHAHAHAH
    Essas raias já são muito dificeis de encontrar na costa sul e só devem ter arribado devido à suestada que se faz sentir.

    Saúde, da boa ; ))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. PJ!!!
      Atão quer dizer que vamos fazer uma ilhada para dar com as colunas Marshall...:) Mas olha que depois eu toco mas é ai em cima dos laredos...:)
      É verdade, estava cá um marzinho, sem vento, nem no Inverno estiveram estas tão boas condições, tirando uma pequena noite...

      Forte Abraço

      Eliminar
  11. Ahahahahaha!!!
    Móó Manel tal não foi essa surpresa :)) essa é que tu não estavas à espera, nem tu nem ninguém estava...
    Bem que disseste que ias à procura de peixe de outro calibre hahahaha....
    Continuam a não aparecer com o teu suestinho, enfim...
    As conquilhas é que estavam mesmo boas ;)
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alô Pedro,
      Já sabes que comigo é sempre assim... É lulas com amostras, é raia-viola ao fundo com o estralho a trabalhar em cima... É o normal, só dou com os esquesitos...:)
      Pois, mas o meu suestinho desta vez era para ter sido noutras bandas... Tu quiseste ir para o teu buraco...:)
      Já sabes como é, aqui a "Famíla das Conquilhas" é sempre a faturar...:) Mas a barriguita não sofreu danos, não é verdade?:)

      Forte Abraço e vamos a eles...

      Eliminar
  12. Aí está algo que nunca vi sequer alguém tirar, bonito peixe, com 0.25 e com esse mar tiveste unhas para tocar na guitarra hahahaha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas João,
      Eu tb nunca tinha visto tal coisa, mas prontos comigo é assim, são sempre os mais esquisitos que vem ter comigo...:)
      Epá foi uma força brutal e depois não se pode puxar à bruta senão pode haver azar...:)

      Forte Abraço

      Eliminar
  13. Olá Manuel! Andamos todos sempre à proucura dos barrotes que nem damos o real valor a uma captura como a tua! Que peixe lindo e imponente! Dou-te os meus sinceros parabéns por ele e pela atitude louvável de o devolveres, ainda mais estando em extinção!
    Abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas José,
      Não estava nada à espera e antes do o ver só pensava:" Que grande peixe que eu tenho aqui, não fujas, pá...":)
      Defacto é um peixe muito lindo além de não ter cores muito vivas, mas tem dois oráculos na parte superior que são muito engraçados...:)
      Pois, a ver se ele consegue aumentar mais a espécie e pode ser que dê outras alegrias a outros pescadores!

      Forte Abraço

      Eliminar
  14. Boas Manuel ;)

    Epah, essa já deve ter feito o coração disparar ... apesar de não ser o peixe que gostarias que fosse penso que deverias ficar ainda mais contente, porque robalos grandes muitos conseguem agora Raias dessas poucos devem ser os previligiados... e parabéns pela excelente atitude de soltar essa animal magnifico!
    Vais ver que brevemente vais ser compensado ;)

    Abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como é Inácio,
      Possas, quando eu vi a cana vergar toda, uiiii... Depois ao pegar nela sentir aquele peso e aquelas corridas e depois sempre a ir para direita...
      Pois lá isso é verdade robalos grandes, são mais fáceis de se ver, além de que, eu... Ainda não tive essa sorte, mas prontos vamos lá ver se é na próxima temporada!:)
      Tem que ser, pode ser que ele suba até ai...:)

      Forte Abraço

      Eliminar
  15. Boas Manel!
    Nunca tinha visto nenhuma raia dessas, pelo menos apanhas-te um peixe que certamente são raros os pescadores que apanharam, grande abraço, e força ai...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ehehee, já sabes como eu sou, coisas esquisitas é comigo...:)
      Nunca se sabe, qualquer dia pode te calhar a ti!

      Forte Abraço

      Eliminar
  16. Agora tocas viola?
    Eu vi logo que não andas á pesca, queres é musica!!!
    Depois laro só acontecem estas coisas a ti, eu nunca tinha visto esta especie de peixe, se está em vias de extinção fizeste em em devolve-la, grande atitude, serás recopensado em reve com um exemplar daqueles que mais ninguem apanha, vai ser um peixe lua ou alguma coisa do genero, valeu pela luta que deu.
    Um grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ehehehe,
      Aqui na nossa costa está em vias de extinção. Pois achei que deveria ter mais umas oportunidades para fazer a sua reprodução.
      Achas mesmo Pedro? Eu por acaso não pensei nessa perspectiva, mas não era mal pensado...:)
      Por acaso já apanhei um peixe lua... É muito bonito!

      Forte Abraço

      Eliminar